top of page

Sedentarismo: 5 efeitos colaterais que você não imagina



Não é só obesidade

o corpo adoece sem movimento


Uma das piores coisas que você pode fazer ao seu corpo é não fazer nada.

Epidemia global, o sedentarismo é associado normalmente à obesidade. Mas os efeitos de ficar muito tempo sentado vão muito além do que você pode imaginar. É claro que seu comportamento inativo pode prejudicar o coração e fazer você ganhar peso, mas também pode ser responsável por problemas que você nunca pensou. Listamos a seguir 7 efeitos colaterais de uma vida sedentária que farão você pular da cadeira. Leia até o fim para aprender e descobrir o que você pode fazer agora para reverter os danos do sedentarismo.


1) Depressão e cansaço excessivo

Sentindo-se pra baixo? Culpa é do sofá! Depois de pesquisar mais de 3.300 funcionários do governo, pesquisadores australianos descobriram que os homens que ficavam sentados por mais de 6h por dia no trabalho tinham 90% mais probabilidade de sentir sofrimento psicológico moderado - como se sentir nervoso, inquieto, sem esperança ou mesmo cansado - do que funcionários que ficavam sentados por menos de 3h por dia. Uma vez que os exercícios têm benefícios que aumentam o humor. Quando você começa a suar, seu corpo produz hormônios de bem-estar chamados endorfinas.

Além do mais, pesquisas recentes indicam que atividades cardiorrespiratórias podem melhorar seu humor com a mesma eficácia que os antidepressivos. Exercite-se! Seu corpo e sua mente vão agradecer.


2) Risco maior de câncer


Grandes estudos têm mostrado consistentemente que níveis mais altos de gordura corporal podem aumentar o risco de câncer. Isso porque a inflamação local crônica pode atacar as células do corpo, levando a danos ao DNA que causam câncer ao longo do tempo, de acordo com o National Cancer Institute.

Além disso, um excedente de células de gordura eventualmente produz hormônios que levam à proliferação celular, um processo que faz com que suas células cresçam e se dividam rapidamente.


3) Alto nível de açúcar no sangue


Mesmo que você tenha um peso saudável, seus níveis de açúcar no sangue podem subir se você ficar sentado por muito tempo, de acordo com um estudo recente da Universidade da Flórida. Na verdade, os adultos sedentários eram mais propensos a ter níveis de açúcar no sangue de 5,7% ou mais, O que é alto o suficiente para ser considerado pré-diabetes pela American Diabetes Association, observam os pesquisadores.

Embora essas pessoas mantivessem um peso saudável, elas tinham uma proporção maior de gordura por músculo, com uma média de 25% de gordura corporal ou mais. Essa condição de “gordo magro” leva a vários problemas metabólicos, como pressão alta , diabetes e colesterol alto.


4) Você não dorme bem


Você já sentiu que dorme melhor depois de fazer um ótimo treino?

Isso porque se exercitar pelo menos 300 minutos por semana, conforme recomenda a OMS, pode melhorar a qualidade do seu sono, de acordo com um estudo publicado na Mental Health and Physical Activity.

Quando as pessoas cumpriram as diretrizes de atividade física, o risco de sonolência diurna diminuiu em comparação com pessoas que não seguiram as diretrizes.

Aqueles que se exercitam vigorosamente têm quase o dobro de probabilidade de ter uma boa noite de sono todas as noites em comparação com pessoas que evitam a academia, revelou uma pesquisa da National Sleep Foundation.

Na verdade, mais de dois terços dos praticantes de exercícios vigorosos relataram quase nunca apresentar sintomas associados à insônia. Por outro lado, 50% das pessoas que não se exercitam relataram acordar no meio da noite.


5) Você tem dor nas costas


Os efeitos de ficar curvado na frente do computador podem durar além do seu dia de trabalho. Sentar por apenas 4 horas seguidas pode aumentar a pressão sobre os discos na parte inferior das costas.

Essa compressão pode levar à degeneração do disco, um culpado comum por trás da dor nas costas. Portanto, levante-se e ande!

Embora você possa presumir que descanso seja a resposta para resolver a dor, a pesquisa mostra que o movimento é um ótimo remédio para a dor.

Apenas 25 minutos de exercícios aeróbicos - como correr ou pedalar - podem reduzir sua percepção de dor nas costas em 28%, de acordo com um estudo publicado no Journal of Rehabilitation Research & Development.

Portanto, atividade física é o melhor treino para prevenir dores nas costas.

 

Tem dúvidas sobre como começar, ou retomar os treinos? Fale com a gente pelo Whattsapp!

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page