top of page

Fadiga mental: como evitar que sua mente atrapalhe a atividade física


Uma mente cansada pode enfraquecer seu desempenho físico, mas existem maneiras de manter sua energia física elevada, mesmo quando sua energia mental estiver baixa.


Acredite: quando você se sentir muito cansado (a) para treinar, o problema pode ser sua mente, não seus músculos.

A Ciência da Fadiga Mental

Assim como você pode ficar fisicamente cansado após uma corrida de 16 quilômetros ou um treino rápido de HIIT, você pode ficar mentalmente fatigado após um longo dia de trabalho ou uma tarefa difícil que dura apenas alguns minutos.

Uma tarefa que causa fadiga mental normalmente é algo que você prefere não fazer, seja porque é realmente desafiador ou muito chato. A fadiga mental aumenta a percepção de esforço, por outro lado, durante uma corrida de 20 segundos, você tem menos tempo para pensar ou perder a motivação.

Os sintomas da fadiga mental são fáceis de identificar: falta de energia, falta de vontade de se esforçar, alterações de humor, lapsos de atenção e até mesmo diminuição da precisão, que podem causar má pontaria durante uma partida de futebol, por exemplo. Mas identificar por que isso ocorre é um pouco mais difícil. A boa notícia? Se você tornar as coisas mais fáceis para sua cabeça, seu corpo terá o melhor desempenho. Veja conseguir isso em 4 etapas:

1) Organize-se e evite a fadiga mental. Se você quiser se esforçar muito nos treinos, evitar a fadiga mental de antemão é crucial. Para fazer isso, prepare-se o máximo possível antes do treino. Agende seu treino no site da Academia Vigor, escolha a roupa, arrume a mochila, organize a agenda do dia. Faça isso e tanto o treino quanto a preparação para ele serão menos cansativos.

2) Recupere-se antes do treino. Às vezes - quando você tem reuniões consecutivas o dia todo, por exemplo - a fadiga mental é inevitável. Há poucas evidências científicas sobre exatamente quanto tempo dura a fadiga, mas a recuperação adequada requer tempo e evitar gatilhos.

É recomendada uma pausa de 20 a 30 minutos para que seu cérebro possa desligar e reiniciar, bem como um lanche pré-treino fácil de engolir, já que seu cérebro tende a armazenar adenosina quando você está com pouco combustível.

3) Engane sua mente. Se você ainda sente que seu cérebro está prejudicando seu treino, não há necessidade de sucumbir a ele. Reduza o seu esforço percebido com música (quanto mais você quer ir, mais rápida a batida deve ser), conversa interna (pense na segunda pessoa, para "Você pode continuar"), ou mesmo apenas sorrindo (o que também melhora sua energia no treino).

4) Acredite que é apenas um sentimento. Não importa o quão alto seja a voz em sua cabeça dizendo que você não pode ir por mais um minuto, lembre-se de que é apenas sua cabeça - não um músculo ou uma articulação implorando para você parar porque dói e não pode continuar.

Portanto, concentre-se no fato de que sentir que não pode fazer mais é apenas um sentimento, e você pode ignorar. Essa pequena dose de perspectiva pode ser suficiente para ajudá-lo a fazer o que precisa ser feito, e ir para outro nível.


 

Tem dúvidas sobre como começar, ou retomar os treinos? Fale com a gente pelo Whattsapp.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page