top of page

Como se alimentar de forma saudável no inverno?

Atualizado: 5 de jun. de 2020



Sempre que as temperaturas começam a baixar, as perdições começam a chegar: é feijoada em um dia, uma massa elaborada no outro, um chocolate quente bem calórico no início da manhã, uma torta com café no fim da tarde e um fondue com tudo o que tem direito para encerrar a noite. É cientificamente comprovado que sentimos mais fome no inverno, afinal, nosso corpo gasta mais energia para nos manter aquecidos.

Mas é claro que não vale usar a ciência como desculpa para relaxar na alimentação! Muito pelo contrário, as baixas temperaturas deixam o nosso organismo mais suscetível às doenças e para nos proteger contra elas, é importante ficar atento ao que colocamos no prato – ou no copo.


Confira, então, algumas dicas para se alimentar de forma saudável durante o inverno:


Invista nos refogados e assados

Se, durante o verão, os legumes e verduras fazem sucesso, no inverno, eles ficam esquecidos. Afinal, de forma geral, eles não saciam a fome e nem ajudam o nosso corpo a espantar o frio. Ainda assim, eles continuam sendo essenciais para o bom funcionamento do nosso organismo e, por isso, vale à pena encontrar formas alternativas de incluí-los na nossa alimentação – mesmo com as temperaturas mais baixas.

Que tal, então, procurar receitas de vegetais assados, grelhados ou refogados? Brócolis, couve-flor, espinafre, acelga, cenoura, berinjela e abóbora são algumas verduras e legumes que ficam deliciosos, mesmo consumidos quentes.

Outra opção é incluir os vegetais em sopas, caldos ou cremes. Além de serem fáceis de serem preparados, esses pratos permitem combinar vários legumes e verduras juntos e ainda ajudam a espantar o frio.


Não se esqueça dos líquidos


As baixas temperaturas impactam negativamente a nossa vida de várias formas diferentes: a disposição vai embora e leva junto a vontade de fazer exercícios físicos, a fome fica maior, os riscos de contrair alguns tipos de doenças aumentam… Tudo isso sem falar no ressecamento da pele, que fica muito mais intenso durante o inverno.

A boa notícia, no entanto, é que para combatermos grande parte destes problemas, basta preservarmos os hábitos saudáveis praticados em outras épocas do ano, como: manter o foco nas atividades físicas, cuidar da alimentação e, claro, se manter hidratado. É isso mesmo, no inverno, o corpo perde a sua umidade natural e, por isso, beber muita água é importante mesmo nos dias frios. Chás, sopas, café e sucos também ajudam a repor a água do organismo, diminuindo o ressecamento da pele.


Aposte nas substituições


Quer aproveitar as delícias típicas do inverno com menos peso na consciência? Então, substitua os ingredientes mais gordurosos e calóricos, por opções mais saudáveis. Na hora de preparar um delicioso chocolate quente, por exemplo, substitua o achocolatado por cacau em pó e evite utilizar o açúcar refinado nessa ou em qualquer outra bebida (ou prato). Prefira sempre o açúcar mascavo, que é mais natural e, por isso, contém mais nutrientes.

E por falar em produtos refinados, é importante lembrar que outros tipos de ingredientes, como farinha de trigo e grãos (como o arroz), também são mais saudáveis em suas versões integrais. Isso porque, assim, eles mantêm grande parte de suas propriedades e ainda garantem uma maior sensação de saciedade.

Outra dica valiosa para manter uma alimentação saudável no inverno é substituir os temperos industrializados pelos naturais. Use e abuse do coentro, gengibre, cominho, canela e páprica, que possuem propriedades termogênicas, ou seja, aceleram o metabolismo e passam a sensação de aquecimento ao corpo.


Consuma frutas quentes


Não são apenas os vegetais que são esquecidos no frio, as frutas também. Porém, uma boa forma de manter esse alimento em nossa rotina, é consumindo as versões secas ou quentes. Banana, maçã, abacaxi e pera, por exemplo, são algumas frutas que ficam ótimas em preparos que vão ao fogo (principalmente quando recebem um toque de canela), sem contar que matam aquela vontade de comer um docinho depois da refeição.

Investir em uma alimentação saudável no inverno é fundamental e pode ser o primeiro passo para a mudança de hábitos na sua vida. Mas não se esqueça que, quando o assunto é saúde, alimentação é importante, mas não é tudo! O ideal é aliar a ingestão de alimentos saudáveis com a prática regular de atividades físicas, mesmo no inverno, e, assim, cuidar de forma completa do seu corpo, saúde e bem-estar!

 

Investir em uma alimentação saudável no inverno é fundamental e pode ser o primeiro passo para a mudança de hábitos na sua vida. Mas não se esqueça que, quando o assunto é saúde, alimentação é importante, mas não é tudo! O ideal é aliar a ingestão de alimentos saudáveis com a prática regular de atividades físicas, mesmo no inverno, e, assim, cuidar de forma completa do seu corpo, saúde e bem-estar!


17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page