top of page

Como melhorar a sua performance nos treinos e reduzir o risco de lesões



Todo mundo sabe que praticar atividades físicas é um hábito saudável e muito necessário para quem busca saúde, bem-estar e qualidade de vida. Mas, sabe aquela frase “tudo em excesso faz mal?” Pois bem, ela também pode ser aplicada neste universo das academias e exercícios físicos.


Isso significa que, se você quer perder peso, diminuir medidas, tonificar a musculatura ou alcançar qualquer outro resultado, não adianta exagerar na quantidade de exercícios ou não respeitar os limites do seu corpo, porque os efeitos podem acabar sendo contrários.


Esses efeitos incluem desde a diminuição nos rendimentos, até a exaustão e fadiga muscular extrema, que pode fazer com que seja necessário interromper completamente os treinamentos para permitir que o corpo possa se recuperar.


Além disso, os exercícios físicos em excesso podem prejudicar a hipertrofia muscular (uma vez que é durante as horas de descanso que os músculos se recuperam do treino e crescem), bem como fazer mal para a saúde e resultar em lesões musculares e articulares.

Para evitar esse tipo de problema e garantir que a sua performance nos treinos gere os melhores resultados, é possível tomar uma série de cuidados e medidas. Confira, a seguir, algumas delas.

Faça uma avaliação


Mesmo as pessoas mais jovens e saudáveis que, aparentemente não possuem qualquer impedimento para praticar atividades físicas, devem passar por uma avaliação antes de fazer a sua matrícula.

A avaliação de um preparador físico é essencial, já que esse profissional pode fornecer informações importantes a respeito do seu preparo para a realização das atividades físicas. Se você nunca praticou nenhum esporte ou está há muito tempo parado, esse acompanhamento se torna ainda mais indispensável!


Não pule o aquecimento


Parece bobagem, mas não é: o aquecimento deve sempre ser realizado antes de você iniciar as suas atividades físicas. Ele eleva a temperatura do corpo, melhora a circulação sanguínea, e o que é mais importante: prepara os músculos e os ligamentos para o que será exigido, quando os exercícios começarem a, de fato, serem praticados.


Faça alongamento


Tão importante quanto o aquecimento é o alongamento. Ele promove flexibilidade, ajuda a relaxar a mente, assim como previne e reduz as dores e lesões musculares. O indicado é que você faça esses exercícios antes e após a atividade física e também algumas vezes ao longo do dia.


Fique atento à intensidade do exercício


Como dissemos acima, não adianta forçar o seu corpo a ir além dos seus limites, muito pelo contrário. Você deve ficar atento aos sinais que ele emite e sempre respeitá-lo. Só assim, será possível evitar lesões e garantir que você possa sempre praticar atividade física.

O aconselhado é respirar lentamente e ser cauteloso com a intensidade dos exercícios. Assim, você não irá sobrecarregar o seu corpo e nem ter uma sensação de esgotamento total durante o treino, que é sempre um péssimo sinal.


Cuide da sua alimentação


Se alimentar corretamente é importante não somente para cuidar da sua saúde, mas também para controlar o peso. E quando falamos na luta contra a balança, não estamos nos referindo somente às questões estéticas, mas também ao trabalho que deve ser realizado contra as lesões. Afinal, as chances de você sofrer esse tipo de acidente quando está acima do peso são muito maiores, já que a sobrecarga nas articulações e músculos acontece de forma muito mais intensa.

O indicado é não praticar atividades em jejum, se alimentar em horários regulares, beber bastante água e consumir muitas frutas, verduras e legumes, que fornecem diversos nutrientes para fortalecer o seu organismo e evitar as lesões. Além disso, uma dieta balanceada e saudável, também é sempre indicada para quem está acima do peso.

Seguindo as dicas acima, você conseguirá não somente evitar as lesões, mas também melhorar muito o seu rendimento durante os treinos.


Então, coloque todas elas em prática e lembre-se sempre de escutar o seu corpo!


Fique atento às dores relacionadas aos movimentos articulares e se elas forem muito persistentes, não as ignore. Isso é sinal de que algo não está bem e que talvez seja o momento de diminuir o ritmo ou modificar os exercícios.

O mais indicado é sempre conversar com o seu professor sobre qualquer sintoma diferente e não exigir mais do que o seu corpo pode oferecer!


Quer treinar em um ambiente completo e que conta com os melhores profissionais para acompanhar as suas atividades físicas?

Vem para a Academia Vigor! Aqui, nós disponibilizamos tudo o que você precisa para atingir os seus objetivos com segurança e bons resultados.



20 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 commento


Bruno Pilgrim
Bruno Pilgrim
25 set 2020

Achava que esgotamento total era bom, sinal de força de vontade. Bom saber que não é, pois isso prejudica muito meu dia. Vou ler mais sobre!

Mi piace
bottom of page